Mulher na toalha

Toxina Botulínica Terapêutica

A Toxina Botulínica Terapêutica é considerada uma opção revolucionária e pouco invasiva no tratamento de pacientes com patologias neurológicas. Ela atua na consequência e não na causa das doenças. A principal utilização é no tratamento da espasticidade, distúrbio do movimento caracterizado pela rigidez ou falta de controle sobre o músculo - distonia.

É uma técnica farmacológica que aplicada diretamente nos músculos comprometidos, provoca o relaxamento e bloqueia a atividade motora involuntária, o que reduz a dor e aumenta a amplitude de movimento, favorecendo o trabalho de reabilitação e melhorando significativamente a qualidade de vida do paciente.

Como a ação da toxina ocorre por um tempo determinado, é imprescindível que o programa de reabilitação seja iniciado imediatamente após o procedimento, de forma a potencializar os resultados terapêuticos, alcançando efeitos mais prolongados.

 

Principais indicações:

Distonia (contração involuntária)

Enxaqueca

Espasticidade (rigidez muscular)

Dor neuropática

Hemiespasmo facial

Bruxismo

Sialorréia (excesso de saliva)

Hiperatividade do detrusor (bexiga neurogênica)